Colóquio ‘Psicanálise e a Hipótese Comunista’

No dia 13 de maio de 2016 ocorreu na Universidade de São Paulo (USP) o Colóquio ‘Psicanálise e a Hipótese Comunista’. Organizado pelo Laboratório Psicanálise, Política e Sociedade, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo juntamente com o Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia, o evento contou com a apresentação de quatro mesas das quais participaram os membros da Laboratório e CEII. As mesas do evento podem ser acompanhadas nos vídeos a seguir:

Abertura

Participantes: Patrícia Ferreira Lemos e Rodrigo Gonsalves

Mesa 1: Capitalismo e psicanálise.

Mediadora: Priscila Santos.

Participantes:

Fernando Fagundes Ribeiro – A lógica do terror: comentários sobre a palestra “Nosso mal vem de mais longe”, de Alain Badiou.

Aline Martins – A guerra verde e amarela.

Ivan Estevão – O Mal-Estar na democracia.

Lilian Clementoni e Daniel Alves Teixeira – Condição ontológica do excesso: mais-valia e mais-gozar.

 

Mesa 2: A política, desde a psicanálise.

Mediador: Sergio Prudente.

Max Paulo Silveira e Alex Barbosa Paula – Entre Fetiche e Paranóia: um hiato no real.

Rodrigo Gonsalves – Luto e Luta na esquerda.

Diego Penha – Ideologia e Cinema – Baudry entre Zizek e Rancière.

José Mauro Garboza Junior e Mayara Pinho – Forçar o marxismo ao.. comunismo?

 

Mesa 3: A psicanálise, desde a política  

mediador: Mário Senhorini

Grupo História Política da Psicanálise – História da psicanálise: política de impasses.

Sérgio Prudente – Considerações a respeito da relação entre significação e ideia na perspectiva lacaniana.

Gabriel Tupinambá & Clarisse Gurgel – Marxismo, em psicanálise.

Priscilla Santos – Sintoma e laço social: as implicações da reificação no sofrimento psíquico dos sujeitos neoliberais.

Mesa 4: A hipótese comunista hoje

mediador: Diogo Carvalho 

Frederico Lyra & Patrícia Ferreira Lemos – Um limite democrático: Grécia, França e Brasil.

Silvia Ramos Bezerra & Joelton Nascimento – O futuro da esquerda sem futuro.

Rafael Oliveira & Gabriel Tupinambá – apresentado por Priscila Alencastre – O fim da organização: sobre um fragmento dos Manuscritos de 1844.

Contribuição de Paulo Arantes

 

1 2

3

unspecified (4) 5 6 Sem título unspecified (8) unspecified (9)

Anúncios